Entenda porque nevou no Saara

Apesar de raro, o fenômeno já ocorreu quatro vezes nos últimos 40 anos.

Fonte: https://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/meio-ambiente/entenda-como-possivel-nevar-no-deserto-do-saara-22270004

Na manhã do domingo, dia 7 de janeiro, a cidade Aïn Séfra, cidade que é próxima à fronteira com o Marrocos estava coberta com uma fina camada de neve. Nos últimos 40 anos esta é a quarta vez que neva na região que é o maior deserto quente do planeta. Este fenômeno foi provocado por alguns raros fatores para aquela região, a forte onda de frio na Europa e a presença de umidade suficiente no ar.

A região que está localizada na Cordilheira do Atlas, que separa o deserto do Saara das terras costeiras do Mediterrâneo, no norte do continente africano, possui verão quente, temperatura média de 37°C. Porém, como esta região está acima de mil metros de altura, os invernos são frios, com temperaturas médias de 6 até 12°C.

Além disso cidade de Aïn Séfra apresenta mais precipitação comparada a região central do Saara, onde quase não chove durante todo o ano.

No domingo, a conjunção de temperaturas abaixo de 0°C e com a umidade do ar acima da média (próxima a 100%) ocasionou a precipitação de neve na região. Nos relatos dos moradores publicados nas redes sociais, era possível ver neve na pequena cidade, mas não em grande quantidade. Porém alguns moradores relataram que a camada de neve possuía cerca de 40 centímetros.

Compartilhe

Comentários