Temperatura dos oceanos alta está causando um aumento de tartarugas fêmeas

Fonte: GETTY IMAGES e BBC

Diferente dos humanos e da maioria dos mamíferos, o sexo da tartaruga-verde é definido pela temperatura do ambiente durante a incubação dos ovos.

A Universidade Estadual da Califórnia em parceria com o Fundo Mundial para a Natureza da Austrália, revelou que o aquecimento dos oceanos levou 99% dos novos filhotes da espécie da tartaruga-verde a serem fêmeas. O que está associando com o oceano aumentar a a temperatura da areia da praia, onde estão localizados os ninhos da espécie.

A pesquisa foi feita com um grupo de 200 mil tartarugas no norte da Grande Barreira de Corais, na Austrália. A espécia que já está em extinção. A tendência da maioria dos filhotes ser do sexo feminino deve se manter nas próximas gerações.

Especialistas consideram tentar causar uma chuva artificial para diminuir a temperatura da areia e causar um aumento do número de machos. De acordo com os biólogos responsáveis pela pesquisa, a temperatura de 29°C é a ideal para que os ovos eclodidos sejam fêmeas. Logo, alguns graus abaixo de 29°C fazem com que sejam machos.

A espécie de tartaruga-verde roçam os gramados marinhos como um gado no pasto, mantendo o ambiente em equilíbrio.

Fonte: GETTY IMAGES e BBC

Fonte: http://www.bbc.com/portuguese/geral-42643026

Compartilhe

Comentários